A dificuldade de aceitar erros

Na vida quem não errou? Todos nós erramos, repetimos erros, por mais que em demasia denuncia problemas. Mas os que admitem o erro são os que aprendem com eles, por isso é um direito errar. Melhorar está em saber os limites que as falhas permitem demarcar. Mas como lidar com quem não admite errar?
Como professor ou profissional da imprensa sei que o ser humano é passível de enganos, admiti-los é um ato ético. Sempre tento entender o que faz com que algumas não consigo admitir isto. Nos meus encontros com este ser que se nega, concluo estar diante de quem tem dificuldade de aceitar o que é e sente ameaçado pelos  que os outros são.
A convivência é um desafio. Por isso cabe a qualquer ser humano aprender a superar seus limites, e aprender a amadurecer com o exercício da humildade, admitir erros é um destes atos. Ninguém nasceu sabendo, mas aprender é fundamental. Que se dispõe a ensinar tem que saber a aprender.
Me acalmo diante da persistência dos que erram em não admitem. Apenas busco entender que eles existem e devemos evitar deixar nossas vidas dependerem dos autoritários que contrariam a razão e geram regras próprias para poder manter-se em situação de erro. Prefiro os que erram, acertam, admitem os erros, e sabem que o acerto é fruto de aprendizado. Mas os que nunca "erram" não tem nada a aprender. Eu nunca me dei bem com estes seres "elevados".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Formação do Estado Nacional Moderno

Um pouco de teoria do Estado, Política e Economia

O poder no Brasil