Viva a Democracia!

Não podemos nos deprimir com denúncias de corrupção que dominam o noticiário. Este é o preço da democracia. Ela nos permite ter acesso a verdade, saber como as coisas são e tomar a decisão. A verdade é matéria-prima da mudança.
Para muitos é decepcionante a quantidade de denúncias, de detalhes sobre as ações ilícitas de representantes públicos. Revolta os valores propinados, quantias em malas, depositadas em contas correntes e valores de campanhas. O país parece que vai ruir. Porém, este é o preço de saber.
A democracia também é a denúncia, ficar sabendo. Transparência não se faz por vontade do governante e sim por exigência das forças governadas. Uma imprensa livre e a obrigação de prestar contas são fundamentais. Quanto mais disso, virão à tona as entranhas e teremos a condição de diante da verdade tomar uma decisão.
Há quem propague, diante das denúncias, que o povo é sempre o último a ficar sabendo. Mas que seja, porém, ele é quem tem o poder de decisão de que as coisas podem continuar como estão ou não. É o exercício da cidadania que aponta a mudança. É a participação ativa que gera o movimento na busca de respeito ao cidadão. A “verdade” dos fatos coloca o peso da decisão em nossas mãos.
O que cabe a sociedade é ter maturidade e entender que o problema não são as instituições, nem a forma de governo. Não seremos melhores com uma ditadura ou a entrega do poder a um populista milagroso. Nossa melhora está na escolha e acompanhamento constante de quem escolhemos, independente da função pública que exerça.
Os noticiários dos escândalos não podem nos ocasionar depressão, eles nos dão uma oportunidade única de fazer a mudança da forma certa. Agir para superar o mal e não o manter. No final, a grande solução para o que estamos vivendo se chama democracia com intensa participação política do cidadão.

Gilson Aguiar comenta a importância da democracia para a mudança.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Formação do Estado Nacional Moderno

Um pouco de teoria do Estado, Política e Economia

O poder no Brasil