Quem não deve não teme


Instituições de ensino superior públicas serão fiscalizadas pelo TCE. Há indícios de irregularidades nas universidades. 7 serão investigadas. A medida é positiva e deve ocorrer em todas as instituições públicas. Saber quanto se gasta e com o que se gasta o dinheiro público é um direito do cidadão.

Tribunal de Contas do Estado (TCE) irá fazer auditoria nas universidades estaduais do Paraná, sete serão auditadas. A intenção é levantar irregularidades nos gastos que venham a se caracterizar uso indevido dos recursos públicos.
Segundo o coordenador geral do TCE, Mauro Munhoz, o governo investe nas universidades uma quantidade significativa de recursos que precisa ser fiscalizada para bom uso. E segundo ele, há indícios de irregularidades em algumas das instituições de ensino superior mantidas pelo governo paranaense.
O reitor da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Mauro Baesso, está tranquilo diz que são feitas auditorias, fiscalizações constantes na instituição. Segundo o reitor, a UEM tem transparência em suas contas. Ele não teme uma auditoria. Afirma que a Universidade segue a lei.
Este ato é importante para colocar as universidades em condição de reivindicar autonomia. De defender sua capacidade de gerenciamento dos recursos públicos. Se as universidades buscam respeito a sua produção e organização elas precisam ser transparentes.
O reitor falou também dos cortes de cargos comissionados, medida pedida pelo governo do Paraná que foi obedecida pela UEM. Ele lembrou do site da transparência que a instituição tem e que lá se pode encontrar todos os dados sobre os gastos da instituição.
Atos de transparência, como auditorias, não são ingerências. Uma medida normal, constitucional. O resultado deste trabalho deve ser divulgado. As universidades devem ficar abertas a esta fiscalização e ao trabalho do Observatório Social, por exemplo. A ONG levantou dados relevantes em relação aos gastos da UEM, uma prática que deve ser constante.
Na prática, todos os órgãos públicos precisam de ações de auditorias e busca de transparência de gastos. As universidades estaduais não devem ser as únicas a serem fiscalizadas. A lei vale para todos e quem não deve não teme.

Gilson Aguiar comenta auditorias nas universidades estaduais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Formação do Estado Nacional Moderno

Um pouco de teoria do Estado, Política e Economia

O poder no Brasil