Melhorando, em meio a crise


Estamos vivendo uma crise, mas em um ambiente democrático. Por isso, vamos melhorar. Não estamos tendo um número maior de problemas, mas estamos cientes dos problemas que temos.
Estamos sempre fazendo críticas a tudo. O governo é sempre o principal alvo.  Também criticamos o mau comportamento do cidadão, os excessos de empresas, a falta de educação e o excesso de violência. Porém, é sempre bom lembrar, as coisas estão mudando.
O país vive uma série de denúncias nos meios de comunicação. Agora, em meio aos escândalos, aparece sempre alguém querendo fazer uma delação premiada. A notícia traz a certeza que teremos novidades e mais denúncias envolvendo quem antes se sentia intocado.
Os que estão no governo, grande parte, está em descrédito. São inúmeros os governadores estaduais que são rejeitados em pesquisas pela população. Quanto ao presidente da república não se precisa comentar, ele é a indigestão em pessoa. Tem o pior índice de um presidente da república da nossa história. Mesmo este ambiente é melhor que no passado.

Quando tínhamos governos perniciosos, com atos ilícitos, não ficávamos sabendo. Agora, eles estão expostos. E cada vez mais será. Como é bom saber a verdade. Inclusive, ela, a verdade, também é indigesta. Mas nos permite saber o que de mal nos alimenta. Há remédio para esta indigestão democrática.
Estamos melhorando, mesmo que a sensação seja de problemas intermináveis. Eles, os problemas, sempre estiveram aí. Agora, a diferença é que temos cada vez mais consciência.
A grande questão é o que faremos com o que sabemos?
O futuro não é possível afirmar com certeza como será. A única coisa que se pode concluir é que, se continuarmos cometendo o mesmo erro, a culpa será, democraticamente, nossa.
Gilson Aguiar comenta a melhora em um ambiente de crise.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Formação do Estado Nacional Moderno

Um pouco de teoria do Estado, Política e Economia

O poder no Brasil