Pular para o conteúdo principal

A educação e suas faces


Agressão a professora e homenagem a Lula. A educação brasileira demonstra suas faces. A falta de consciência do que a ciência representa e o desprezo ao conhecimento geram atitudes animalescas e alunos apaixonados pela ignorância.
Uma professora de uma escola pública municipal de Santa Catarina foi agredida. Ao chamar atenção e pedir para que ele se retirasse de sala de aula, o aluno socou a professora Marcia Friggi. Ensanguentada, ela se diz dilacerada física e moralmente. Afirma não ser a primeira e nem a última a sofrer este tipo de agressão, ela está certa.
Na mesma página de jornal em que esta informação foi vinculada está a foto de Luiz Inácio Lula da Silva recebendo um Diploma Honoris Causa. Até aqui nenhum problema, ou um mal menor. Porém, no diploma a erros gramaticais. Uma vírgula no lugar errado e discente escrito sem o “s”.
Nas manchetes dos jornais de hoje dois fatos. Professora agredida e homenagem a Lula. Para ouvir mais o comentário clique aqui.
As tuas informações se relacionam e denunciam o que temos e não temos. A educação passa longe de sua função e tem como resultado um ser humano distorcido. Por quanto tempo os dois fatos da primeira página do jornal vão ocorrer? Seriam os dois fatos permanências e não exceções? Acredito que sim.
No primeiro, a escola não representa para a população um sentido na vida. Um meio para se superar a condição em que se vive. A educação é o sacrifício a ser feito. Completamente desconectada da sensação cotidiana que a vida nos dá. Poucos são os que usam do conhecimento para conhecer a existência. Sem isso, as pessoas não melhoram.
Lula foi eleito e é idolatrado pela crença messiânica do “salvador da pátria”. O misticismo e desconhecimento da função do representante público de forma racional. Condição que a escola poderia combater e esclarecer. Mas os alunos que homenageiam veem o messias e creem na inocência do homem público. Eles precisam de uma educação melhor.

Na proporção que a professora é agredida e o ex-presidente Lula, é homenageado há a denúncia da dose de ciência e consciência fraca produzida nos bancos escolares. O que é vital para nos salvar dos socos e da santificação de corruptos.
Escola feita de agressão e messias.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Formação do Estado Nacional Moderno

A formação do Estado Nacional Moderno é um dos momentos mais importantes da consolidação da sociedade e da economia contemporânea. As organizações do poder nos territórios nacionais estabilizaram as relações econômicas e garantiram o estabelecimento da sociedade com a representação do poder no poder estabelecido no território nacional. Max Weber em especial tinha interesse significativo na formação do Estado Nação. A Alemanha, sua terra natal e na qual ele acompanhou a unificação dos estados germânicos, foi seu objeto de estudo e estímulo para a compreensão da política, da lógica econômica e a sociedade em relação ao poder. Uma das primeiras questões tratadas por Weber foi a questão da liderança. O que ela significa e como pode ser compreendida no exercício do poder no Estado Nacional. Por isso, ele considera que ela deve ser entendida na construção das relações sociais. Há uma herança no poder, fruto das condições que o construíram e como ele se consolida diante da sociedade sua au…

Um pouco de teoria do Estado, Política e Economia

Saber fazer política é conhecer suas teses. Para a crítica ou defesa da ação do Estado, avaliar aqueles que ocupam os cargos públicos, os representativos em especial, é fundamental. Estamos vivendo um ambiente político crítico. O presidente da república é impopular. Menos de 5% da população consideram seu governo “ótimo”. Menos de 7% o aprovam como governante. Mas ele se mantém. Seria possível fazer da lógica de Nicolau Maquiavel um instrumento para entender a permanência de Michel Temer no poder? Acredito que sim. A primeira coisa a entender é que não está na popularidade ou não do presidente a sua sustentação. Outras forças conspiram a favor do governante. E uma das mais importantes são seus acordos políticos com o Parlamento, em especial o Congresso Nacional. O esforço do governante e ver aprovada suas medidas e evitar seu julgamento pela Câmara dos Deputados foram bem-sucedidas.  Os acordos políticos, repasses de verbas, nomeações de cargos e, possíveis ações encobertas, mantiver…

O poder no Brasil

Por que não aprendemos a lição? Quando se fala de política a razão é simples, nós estamos atentos aos personagens e ao momento. Temos que ficar mais atentos a lógica do poder. Há uma relação constituída de forma tradicional que garante a tendência do poder para determinados fins e grupos.

Assistindo as denúncias que tomam conta dos meios de comunicação sobre políticos envolvidos em corrupção, mas principalmente com “caixa 2”, temos a oportunidade de aprender a lógica da sustentação do poder. Mas será que conseguimos perceber diante da oportunidade?
No Brasil, a constituição do Estado se estabelece na própria formação do território colonial. Lá, nos primórdios do estabelecimento da estrutura colonizadora se dava os primeiros passos para alicerçar o poder. Isto se deve, em grande parte, pela forma como nossa “emancipação” se estabeleceu. D. Pedro I era filho do D. João VI. O primeiro imperador do Brasil foi ser rei em Portugal.
Na independência monárquica que o país viveu se estabelece…