Sonho na rua


Os automóveis "velhos" começam a ser abandonados nas ruas. Serão cada vez mais e muitos. Um problema. Um imenso resíduo. Um lixo que já foi luxo.
Em Maringá há 122 reclamações de veículos abandonados no ano, segundo a Prefeitura Municipal, através da Ouvidoria. A maioria dos proprietários que foram notificados retiraram os veículos das ruas. Lembrando que o proprietário tem 10 dias, após notificado, para tomar providência e retirar o carro do local.

Veículos abandonados trazem uma série de problemas. Um deles é o acúmulo de água e a propagação de doenças, como a Dengue e Chicungunha. Mais que isso, eles são um resíduo imenso. Na proporção do que já foram um dia, um sonho de consumo.


Esta é uma sociedade que cada vez mais vive o descarte. O que é engraçado, vai para o lixo o desejo e o luxo. O tempo de vida dos produtos se encurtam e o desejo de consumir os sonhos cresce. Sempre se tem algo novo para sonhar. Sempre se quer algo mais.

Não há satisfação para uma vida que se preenche com objetos. E os carros estão na vanguarda dos sonhos mais elaborados. Uma sensação imensa na aquisição de se realizar a dignidade. As campanhas publicitárias há muito deixaram de ser a apresentação de um objeto, são propagadoras de sonhos particularizados.

Onde isso vai parar? Acredito que na renúncia do automóvel como meio de transporte e a busca de alternativas para o deslocamento urbano. Teremos que mudar o modal. Mas os que já foram e serão fabricados, já que nada muda tão rápido, estão condenados ao abandono, as ruas, o imenso resíduo. Um sonho que já começa a virar pesadelo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Formação do Estado Nacional Moderno

Um pouco de teoria do Estado, Política e Economia

O poder no Brasil